Gilberto Matter Paisagismo  
Paisagismo  
Dicas  
Jardinagem  
Artigos  
Envie seu Artigo  
Plantas  
Idéias & Curiosidades  
Ecologia e Meio Ambiente  
Sem comentários  
Produtos  
Produtos exclusivos  
Novidades  
Classificados  
Promoções  
TerraCottem  
Cursos no Brasil  
Agenda de Cursos  
Agenda de Eventos  
Cadastro de Empresas  
Cadastro de Profissionais  
Teste: Ter um jardim?  
Newsletter  
Download  
Perguntas & Respostas  
Links  
Biblioteca Verde  
Cartões Virtuais  
Fotos do seu Jardim  
Galeria de Imagens  
Fóruns  
Cursos de Paisagismo e Jardinagem  
O Projeto  
Estrutura  
Parceria  
Cursos e Palestras  
Notícias do Centro  
Institucional  
Apresentação  
Colaboradores  
Parceiros do Portal  
Termos de Uso  
Política de Privacidade  
Opine  
Cadastre-se  
Anuncie no Portal  
Fale conosco  
 
Feliz é aquele que transfere o que sabe, e aprende o que ensina
 
 
 
 
 
Cássia imperial
 
Nome cientifico: Cássia fistula


 
Nome popular: cássia imperial ou chuva de ouro
 
Origem: Ásia, Índia e Siri Lanka
 
Porte: até 10m
 
Flores: amarelas e perfumadas que se formam na Primavera e Verão em cachos
 
Cultivo: em jardins amplos
 
Solo: fértil
 
Clima: quente e úmido
 
Luminosidade: sol pleno
 
Irrigação: freqüente
 
Dificuldade de cultivo: fácil
 
Adubação: use NPK 10 10 10 anualmente
 
Curiosidade: esta planta costuma sofrer com o ataque de lagartas e doenças de origem fúngica, devendo ter os galhos doentes podados.
 
 
Fonte: Revista Paisagismo e Jardinagem
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Ajuga
Suas folhas roxas possuem efeito ornamental.
Lisimáquia
Para ser usada a pleno sol ou meia sombra.
Cica
Para ser usada como planta isolada ou em grupo.
Alisso
Tem flores pequenas, brancas e muito perfumadas.
Ardísia
Inflorescências com numerosas flores róseas que produzem frutos vermelhos.
Peixinho
O formato das flores deu origem ao nome popular.
Flor de Santo Antônio
O formato da flor, quando retirada, lembra a imagem de Santo Antônio.
Aspargo rabo de gato
Para ser cultivado em vasos, jardineiras, em fileiras ao longo de paredes e muretas.
Dracena tricolor
Esta planta possui um tronco muito flexível que pode ser facilmente entortado.
Dracena de Vênus
Também é popularmente chamada de pau d'água.
Jasmim vermelho
Esta planta suporta bem invernos rigorosos.
Cana de macaco
Esta planta pode ser comumente vista nas encostas das serras que compõem a Mata Atlântica.
Resedá
Árvore de fácil cultivo com flores rosadas.
Samambaiaçu do brejo
Para cultivo isolado ou em grupos em jardins amplos.
Flamboyant
Esta árvore é uma das mais ornamentais que existe, pois trata-se de uma planta de grande porte.
Hibisco crespo
Esta planta possui uma beleza especial e pode ser utilizada em jardins como elemento de destaque.
Copo-de-leite-amarelo
As flores são usadas em arranjos florais.
Boca de leão
O formato das pétalas lembra a boca de um leão.
Viuvinha
Pode ser conduzida como trepadeira para revestir grades, pérgolas, cercas e pórticos.
Árvore-do-viajante
Usada em canteiros de jardins e parques como arbusto isolado.
Alpínia
Também é utilizada como flor de corte para fazer arranjos florais.
Laranjinha kinkan
Planta frutífera muito apreciada para fins ornamentais.
Celestina
Tolera baixas temperaturas sendo mais indicada para o sul do país.
Bastão do Imperador
Suas flores têm grande efeito ornamental.
Cinerária de florista
É uma das plantas mais comercializadas em vasos da região sudeste.
Dália
Flores grandes que desabrocham no verão em cores muito vibrantes.
Begônia
Para cultivo em vasos ou em maciços em áreas sombreadas.
Polianta
Esta planta aprecia muito baixas temperaturas.
Prímula
Suas flores são coloridas e agrupadas em hastes florais.
Lírio trombeta
Flores grandes, brancas e perfumadas.

 

© Copyright 2002 - Paisagismo Brasil
Webmaster
Email: gm@paisagismobrasil.com.br