Gilberto Matter Paisagismo  
Paisagismo  
Dicas  
Jardinagem  
Artigos  
Envie seu Artigo  
Plantas  
Idéias & Curiosidades  
Ecologia e Meio Ambiente  
Sem comentários  
Produtos  
Produtos exclusivos  
Novidades  
Classificados  
Promoções  
Cursos no Brasil  
Agenda de Cursos  
Agenda de Eventos  
Cadastro de Empresas  
Cadastro de Profissionais  
Teste: Ter um jardim?  
Newsletter  
Download  
Perguntas & Respostas  
Links  
Biblioteca Verde  
Cartões Virtuais  
Fotos do seu Jardim  
Galeria de Imagens  
Fóruns  
Cursos de Paisagismo e Jardinagem  
O Projeto  
Estrutura  
Parceria  
Cursos e Palestras  
Notícias do Centro  
Institucional  
Apresentação  
Colaboradores  
Parceiros do Portal  
Termos de Uso  
Política de Privacidade  
Opine  
Cadastre-se  
Anuncie no Portal  
Fale conosco  
 
Quando as árvores estão morrendo cuidado com a saúde das pessoas.
 
 
 
 
 
Nossas plantas brasileiras
 
Nunca tinha tido chance de percorrer uma trilha, apesar da paixão que sinto pela natureza e tive a primeira chance de fazê-lo em novembro de 2000, guiada por uma das maiores autoridades da área da Botânica: Maike Hering. O local escolhido foi a Unidade de Conservação Ambiental Desterro, na ilha de Florianópolis.
 
Surpreendi-me ao perceber que já havia passado de carro, na estrada próxima, e nunca pude avaliar o que ali havia, muito menos a própria entrada do local. A Trilha do Jacatirão foi a primeira parte da subida e o guia auxiliar nos informou que o jacatirão é uma árvore nativa pioneira nativa da ilha. Ela é especial pelo fato de quando está entre árvores de outras família, ela se espicha para crescer mais; quando está ao lado de outras da mesma espécie, ela conserva o mesmo tamanho das outras.
 
Pois, logo na primeira fileira de dormentes - a trilha é feita com dormentes de uma antiga estrada de ferro - senti uma enorme emoção por presenciar a mais simples e pura beleza que o mundo nos dá: a beleza dele mesma. Os verdes se alternavam em claro e escuro; helicônias de um vermelho vivo surgiam em grandes maciços; samambaias (Gleichenia pectinata), cujo nome popular é "feito-prego",surgiam se derramando sobre pedras e grandes bromélias (foto) apareciam sobre troncos, e uma surprêsa: begônias na mata (foto abaixo).
 
Distanciei-me várias vezes da minha guia, mas pude anotar muitas observações interessantes: "Uma trilha se diferencia de um caminho ou de uma picada, por ser elaborada para observação e estudo da fauna e da flora, para se obter informações... Se se introduz no ambiente espécies nativas, você está oferecendo interações (frutos) que é um dos importantes conceitos da modernidade... As bromélias são consideradas um dos mais importantes elementos nestas interações, pois oferecem água, frutos, ninhos... É importante que haja oferta de frutos para que os pássaros se estabeleçam e propaguem as sementes, fazendo assim com que as espécies se reproduzam..."
 
Em seu estado nativo a Mata é considerada primária, dominada por árvores altas de 25 a 35 m, como a canela preta, a peroba e a licurana. Os troncos são retos terminando em densas copas que formam uma cobertura contínua, filtrando a entrada da luz. Embaixo desta cobertura estão arbustos de 9 a 15m, palmiteiros, bromélias, orquídeas e samambaias, além de cipós que se entrelaçam. Durante o caminho surgiram outras espécies que nunca tinha visto antes e uma grande quantidade de nomes diferentes ligados à uma finalidade: Vassoura vermelha (Dodonaea viscosa) uma árvore que serve para fazer vassoura, a bacaris que tem um papel importante na recuperação ambiental, baleeira que está sendo muito pesquisada por sua autoimunidade, canela-de-ema , da família das rubiáceas com frutos de linda cor, jaborandi, clussia (Clusia parviflora, ou popularmente, "mangue-de-formiga", árvore de grande interesse em zonas de recuperação ambiental. E que formas diferentes eram aquelas na pedra? musgo? é uma associação de fungo e alga.
 
Na Trilha do Guarapuvu, árvore símbolo da cidade de Florianópolis, lindamente ornamental e que serve para fazer canoas, Maike nos acompanhava com suas observações referindo que em locais de solo fértil, o gaurapuvu chega a 25m de altura. É um colosso e é lindo! Observamos as gliquenias platinatas em cima de barrancos, como se fosse uma teia; o curioso pau-formiga ou embaúba (Cecropia glazioui), árvore pioneira que tem uma curiosa interação entre árvore-inseto, pois oferece açúcar para as formigas que não deixam outros seres se aproximarem; os araçás e as pitangas, árvores bem brasileiras.
 
No final do dia dei-me conta que visitei um mundo de seres interagindo entre si desempenhando papéis importantes no equilíbrio da natureza. Os pássaros que, ao se alimentar, dissemina as espécies, as espécies que oferecem comida para as aves; certamente uma abelha ou a aranha que vi na trilha desempenham também uma série de papéis naquele universo. Nós, homens, ao comprar plantas prontas, geralmente cercadas de modismo, pelo simples fato de ter, perdemos a gratificação que vem de ver a natureza trabalhando, o milagre de ver a planta que cuidamos desde a germinação da semente até a sua frutificação.
 
Acredito muito na humanidade e sei que haverá um momento em que se trocará o mesquinho momento da posse, pela compreensão da natureza e de suas necessidades.
 
 
Artigo enviado por:
Nelma A. Camargo - Paisagista



 
 
 
 
A arte de cultivar virtudes
O garoto, de 4 anos de idade, aprendia a cultivar e a cuidar das plantas com o exemplo do seu avô.
Queda de árvores e soluções
Artigo enviado pelo autor José Roberto dos Santos, que tem 35 anos de experiência trabalhando como jardineiro.
Morar em um condomínio é viver no Jardim do Éden?
Talvez a idéia que temos do Paraíso seja bem próxima de um lugar protegido do caos exterior ....... Por Raul Cânovas
A crise e o estresse
Uma das formas mais interessantes de combater o estresse é a de se relacionar melhor com a natureza.
O dia em que a terra brotou
Hoje busco pessoas que acreditam em mudanças para uma grande mobilização social voltada para a educação ambiental.
Curiosidade infantil
Planta sente dor? A criança me fitou e disse: "É pro senhor mesmo que perguntei!"
Vc sabe o que é Biomimética?
É uma nova ciência que nos convida a aprender com a natureza.
Paisagismo e seus estilos
Para definir o jardim que queremos em nossa residência, além de termos o cuidado da escolha de um bom profissional, temos que ter em mente a variedade de opções, estilos e técnicas de plantio.
Qualidade de vida pela arborização
Um exemplo a ser seguido em uma cidade de Angola na África.
Coitadas das nossas árvores, coitadas de nossas calçadas
Caminhando pelas calçadas de nossas cidades, quase sempre danificadas por buracos e dos mais variados obstáculos, vemos as árvores.
Origem das flores ainda é mistério para a ciência
Darwin certa vez escreveu que a evolução delas continuava a ser "um abominável mistério".
Um presente inesperado
Ao ganhar de presente uma muda da minha flor preferida, a magnólia-rosa, nunca imaginaria a surpresa recebida...
Paisagismo: o florescer de uma profissão
Paisagismo: o florescer de uma profissão
Paisagismo do Futuro: Sustentabilidade verde
Jardins sustentáveis, ajudando as cidades a alcançarem a sustentabilidade. Qual a importância das áreas verdes nas cidades e conceitos de jardins sustentáveis.
A Sabedoria do Jardineiro
O jardineiro representa a melhor metáfora para designar o perfil de um novo profissional.
Abandono e incompreensão ameaçam legado de Burle Marx
No centenário de nascimento do célebre paisagista,especialistas cobram atenção a sua obra.
Para evitar uma barbárie na destruição da orla marítima no município da Penha - SC.
Apoio de paisagistas conscientes.
Substitua as espécies invasoras de seu jardim
A escolha adequada das plantas é essencial para que não haja nenhum dano ao meio ambiente.
Somos o que somos, mas amamos o que fazemos
Consegui me apaixonar por uma outra profissão: a de paisagista.
A lição do Jardineiro
Uma boa lição para nós! Como o jardineiro sábio, cuidamos das mudinhas das afeições com carinho e as deixamos florescer.
A criança e o jardineiro
Ensinamento.
O seu jardim determina a sua energia
Quando cultivamos uma planta, estamos na realidade cuidando de uma semente de energia.
A flor dos reis
Ao maior dos reis, leve um feixe de orquídeas.
Mais alimento e florestas no ar
Avidez das plantas por gás carbônico abre perspectivas de produzir mais alimento em menos espaço e de amenizar o aquecimento global.
Meu jardim, meu jardineiro. Minha estética e minhas verdades.
O brasileiro não percebe o verdadeiro sentido e importância da conservação da natureza.
Envie seu artigo
Queremos convidar você para ajudar-nos a enriquecer as nossas publicações.
Paisagismo na arquitetura
Uma obra arquitetônica permite diálogo com a área externa.
Folhas e flores iluminam lugares habitáveis
Um lugar sem plantas, sem crianças é um ambiente sem vida, sem alegria.
Sobre Jardins
Leia este artigo, escrito, imaginem, a alguns séculos atrás.
Lar verde lar
Imagine morar em harmonia com a natureza.

 

© Copyright 2002 - Paisagismo Brasil
Webmaster
Email: gm@paisagismobrasil.com.br