Gilberto Matter Paisagismo  
Paisagismo  
Dicas  
Jardinagem  
Artigos  
Envie seu Artigo  
Plantas  
Idéias & Curiosidades  
Ecologia e Meio Ambiente  
Sem comentários  
Produtos  
Produtos exclusivos  
Novidades  
Classificados  
Promoções  
TerraCottem  
Cursos no Brasil  
Agenda de Cursos  
Agenda de Eventos  
Cadastro de Empresas  
Cadastro de Profissionais  
Teste: Ter um jardim?  
Newsletter  
Download  
Perguntas & Respostas  
Links  
Biblioteca Verde  
Cartões Virtuais  
Fotos do seu Jardim  
Galeria de Imagens  
Fóruns  
Cursos de Paisagismo e Jardinagem  
O Projeto  
Estrutura  
Parceria  
Cursos e Palestras  
Notícias do Centro  
Institucional  
Apresentação  
Colaboradores  
Parceiros do Portal  
Termos de Uso  
Política de Privacidade  
Opine  
Cadastre-se  
Anuncie no Portal  
Fale conosco  
 
Projeto de paisagismo não é orçamento sem compromisso
 
 
 
 
 
Flor cria 'aeroporto' para abelhas em suas pétalas.

Planta e polinizadores possuem 'aliança' que beneficia ambas as partes.

Não é segredo para ninguém que abelhas e flores foram feitas umas para as outras, mas uma nova pesquisa mostra que as plantas se desdobram até para ajudar os insetos a pousar em segurança. O "aeroporto" em questão é formado por células cônicas nas pétalas das flores, que ajudam as patas das abelhas a ganhar um apoio mais firme dependendo da maneira como o pouso acontece.

"As garras no último segmento da pata das abelhas têm uma escala parecida com a desses cones e, dessa forma, conseguem se prender a eles", explicou a pesquisadora Beverley J. Glover, do Departamento de Ciências Botânicas da Universidade de Cambridge. "Eu imagino que seja como os apoios numa parede de alpinismo esportivo. Não importa se eles são do mesmo tamanho que a sua mão, podem ser até menores, mas você ainda consegue escalar com mais facilidade se eles estão lá", diz Glover, uma das autoras de um estudo sobre o tema na revista científica "Current Biology".


Formato especial das células ajuda insetos a pousar com segurança.

Com a pesquisa, acabou o mistério sobre as células cônicas, que estão presentes nas pétalas de cerca de 80% das flores. Como as plantas já usam todo tipo de atrativo para trazer as abelhas até si, como cores brilhantes, odor agradável e néctar, fazia sentido que o detalhe também fosse uma adaptação para ajudar os insetos. (A relação de ajuda mútua envolve o transporte de pólen pela abelha, facilitando a reprodução da planta, e a captação do doce néctar, matéria-prima do mel).

Modelagem
Mas que diferença exatamente os cones estavam fazendo? Para checar isso, os pesquisadores organizaram uma série de testes bastante criativos, usando flores normais de Antirrhinum (conhecida como boca-de-leão) e mutantes dessa planta que não possuem as células cônicas. Como outros detalhes, como cor e cheiro, poderiam influenciar a investigação, eles criaram flores falsas com a ajuda de moldes das flores originais, explica Glover.

"É um processo muito simples. Nós apertamos a pétala num pedaço de molde dentário, para produzir um negativo dela. Desgrudamos a pétala, derramamos epóxi sobre o molde dentário e o retiramos depois de secar. Assim, temos uma réplica positiva perfeita da pétala. Quando testamos sua aparência no microscópio, a resolução é excelente", afirma ela.

As flores artificiais têm como único fator distintivo a diferença entre os tipos de célula (cônica ou lisa), que as abelhas conseguem diferenciar pelo tato. Em princípio, na verdade, parecia que os insetos não estavam nem aí com a diferença, mas bastou mudar a orientação das flores, fazendo com que se tornasse difícil de pousar nas pétalas, para que 75% das abelhas preferissem a versão cônica. Também era mais fácil para elas captar a solução açucarada colocada lá pelos pesquisadores quando a flor em questão possuía células cônicas.

O mais provável é que, ao longo da evolução, as plantas que produziam essa adaptação em suas flores tenham sido favorecidas ao facilitar a vida de suas abelhas polinizadoras. Glover diz que é difícil saber exatamente quando essa adaptação surgiu. "As flores não se fossilizam bem, e essas células estão cheias de água, então provavelmente elas desabariam e ficariam irreconhecíveis num fóssil, de qualquer maneira. Entretanto, como a maioria das plantas com flores as possuem, inclusive algumas das famílias mais basais (primitivas), suspeitamos que elas tenham evoluído bem cedo na histórida dessas plantas", avalia ela.



Fonte de pesquisa: G1.com
















 
 
 
 
Plantas invasoras (novo)
Uma planta que se desenvolve em um local diferente do lugar original é chamada de espécie introduzida ou exótica. - Postada em 16 junho 2017
As plantas ouvem
As raízes das plantas percebem os sons provenientes das fontes hídricas e escolhem aquela direção para se nutrir, crescer e se desenvolver.
Terracottem - uma revolução para as plantas
Diminui a necessidade de irrigação em até 75%, aumenta em até 60% a eficácia dos nutrientes, reduz os custos com mão de obra, plantio e manutenção entre 25 a 75%. Os custos de reposição levam a uma redução na mortalidade de plantas entre 20 e 100%.
Primeira floresta vertical da Ásia terá 3 mil plantas e capacidade de gerar 60 Kg de oxigênio por dia (novo)
É a retomada do verde nas cidades.
Plantas que produzem eletricidade, um sonho que vira realidade
Um arrozal capaz de produzir eletricidade dia e noite para uma aldeia isolada da Ásia é um sonho que toma forma na Holanda, com um sistema gerador de energia usando plantas que crescem em ambientes alagados.
Portal Paisagismo Brasil - 14 anos
Muito nos orgulhamos do que nasceu de um sonho, informar e conscientizar as pessoas com relação a temas ligados à natureza.
Dicas sustentáveis para afastar os mosquitos de sua residência e quintal
Nunca é demais repetir sempre, todos os cuidados que se deve ter com este inimigo tão pequeno e incômodo.
Seis tipos de plantas funcionam como repelentes naturais de insetos
A melhor opção, mais saudável e ecológica, é criar plantas que repelem insetos em seu jardim.
Startup paulista cria sensor que ajuda esquecidos a regar plantas
Dispositivo mostra uma luz vermelha quando solo está seco. Ao molhar a terra, aparelho fica verde.
Na briga contra o Aedes botânicos pedem deixem as bromélias em paz
De vilã a heroína: especialistas defendem que as plantas ajudam o homem no combate.
Adote uma planta ameaçada
O Jardim Botânico de IBUNAM no México tem esta iniciativa.
Floresta Amazônica está doente com muito sol e falta d'água
Pesquisadores do Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da UFMG investigam espécies submetidas a severas condições de estresse ambiental, com excesso de sol e falta d'água.
Encontrado o gene responsável pela reação das plantas ao toque
Plantas sujeitas a stress mecânico causado, por exemplo, pelo toque, não podendo fugir, adaptam-se fisiológica e morfologicamente para sobreviver.
Produtores de flores e plantas ornamentais expandem produção
Brasil é o terceiro maior produtor e segundo maior exportador mundial do setor.
Planta africana contém substância eficiente contra dependência química
A ibogaína é pelo menos cinco vezes mais eficiente para interromper a dependência química do que tratamentos convencionais.
Lançamento do livro PAISAGISMO (S) NO BRASIL
21 de 0utubro de 2014 de Rubens de Andrade.
As recém descobertas habilidades vegetais
Como as plantas "falam" umas com as outras.
Estudo ajuda a desvendar a linguagem das plantas
Nova pesquisa descobriu particularidades genéticas relacionadas à produção de compostos químicos que permitem a comunicação entre as plantas.
Humanidade aumenta reservas de grãos perante cataclismos iminentes
O maior acervo de plantas agrícolas no mundo foi completado por sementes de 20 mil plantas, procedentes de 100 países.
Nasa planeja cultivar vegetais na Lua em 2015
Nasa vai dar o primeiro passo para que, no futuro, o homem permaneça por períodos mais longos no espaço.
Curso: Aprenda a cuidar de suas plantas - FLORIANÓPOLIS - SC
No Jardim do Rancho - Espaço Natural para Eventos
Dia Nacional do Paisagista
04 de outubro
Primavera
Primavera da vida, mudança na natureza e nas pessoas.
Dia da árvore
É nossa responsabilidade protegê-las!
Plantas e animais podem perder metade de seu espaço vital com aquecimento global
O aumento das emissões de gás de efeito estufa colocam o planeta em uma trajetória de aquecimento.
Aplicativo mapeia árvores urbanas para controlar a saúde das plantas
O uso a tecnologia para classificar as espécies da floresta urbana.
Telhados vivos são solução para a falta de verde nas grandes cidades
Que tal ter uma área verde extra onde você mora ou trabalha.
Plantas que brilham no escuro podem mudar a forma com que produzimos luz
A ideia é identificar os genes de algas bioluminescentes.
Plantas podem ouvir umas as outras, indica estudo
Plantas usam um mecanismo desconhecido para detectar outras plantas quando todas as vias de comunicação estão bloqueadas exceto o som.
Pesquisadores conseguem extrair energia elétrica de plantas
Os pesquisadores da Universidade de Georgia (UGA) resolveram extrair eletricidade das plantas.

 

© Copyright 2002 - Paisagismo Brasil
Webmaster
Email: gm@paisagismobrasil.com.br