Gilberto Matter Paisagismo  
Paisagismo  
Dicas  
Jardinagem  
Artigos  
Envie seu Artigo  
Plantas  
Idéias & Curiosidades  
Ecologia e Meio Ambiente  
Sem comentários  
Produtos  
Produtos exclusivos  
Novidades  
Classificados  
Promoções  
TerraCottem  
Cursos no Brasil  
Agenda de Cursos  
Agenda de Eventos  
Cadastro de Empresas  
Cadastro de Profissionais  
Teste: Ter um jardim?  
Newsletter  
Download  
Perguntas & Respostas  
Links  
Biblioteca Verde  
Cartões Virtuais  
Fotos do seu Jardim  
Galeria de Imagens  
Fóruns  
Cursos de Paisagismo e Jardinagem  
O Projeto  
Estrutura  
Parceria  
Cursos e Palestras  
Notícias do Centro  
Institucional  
Apresentação  
Colaboradores  
Parceiros do Portal  
Termos de Uso  
Política de Privacidade  
Opine  
Cadastre-se  
Anuncie no Portal  
Fale conosco  
 
A natureza tem sempre razão.
 
 
 
 
 
Identifique e corrija o seu solo

Mudas saudáveis, regas freqüentes e plantio adequado: não é só isso que assegura a beleza de uma planta. Se o solo for ruim, não há boa vontade que mantenha um exemplar em pé por muito tempo. Por isso, ao cultivar o verde, não se esqueça de pensar também na terra de seu jardim. Além de dar sustentação as plantas, o solo lhes oferece água e nutrientes.
 
Conforme as ações do clima, relevo, plantas, rochas, animais e microorganismos, vão se estabelecendo as características físicas e minerais do substrato.
 
Usualmente, são 13 os elementos que o compõem: nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio, enxofre, ferro, manganês, zinco, boro, cobre, cloro e molibdênio. Na medida certa, eles se unem para garantir a saúde das plantas do seu jardim.
 
Tipos de solo
 
São muitos os solos dos terrenos do país, mas de modo geral, podem ser divididos em três grupos:
 
a) Arenosos
 
Com altíssima capacidade de drenagem, apresentam dificuldades na retenção de água e nutrientes. Para compensar esta deficiência, vale a pena acrescentar a estes solos, matéria orgânica e terra argilosa. Neste substrato, use e abuse das cactáceas, suculentas e palmáceas.
 
b) Argilosos
 
Quanto mais argiloso o solo, mais favorável para o acúmulo de matéria orgânica. Sua baixa permeabilidade, no entanto, dificulta a drenagem da água, e torna‑o propenso a encharcar, comprometendo as raízes nos períodos de chuvas. Além disso, é muito compactado e dificulta a fixação de raízes profundas. Para conseguir maior soltura e maciez, deve-se juntar a ele areia e húmus. As plantas que melhor se adaptam a solos argilosos são samambaias, avencas, antúrios e filodendros.
 
c) Misto (argilo-arenoso)
 
Nem tanto ao sol, nem à terra, o solo misto é conseguido combinando-se a capacidade de drenagem da areia, com a facilidade de retenção de água e nutrientes da argila. A maior parte das plantas ornamentais desenvolve-se bem nessas condições e, por isso, ele é o mais indicado para jardins.
 
Identificando o solo do seu jardim
 
Análises precisas de composição de solo podem ser feitas somente em laboratórios especializados, com equipamentos próprios para isso. Mesmo assim, observando a textura, cor e consistência da terra, é possível conhecer um pouco de seu solo.
 
a) Cor
 
Quanto mais clara a terra, menor sua concentração de matéria orgânica. Em geral, o solo arenoso é de tonalidade amarelo escura, ao passo que o argiloso é marrom. 0 auge da concentração de matéria orgânica, por sua vez, é o húmus de minhoca, como prova sua coloração negra.
 
b) pH
 
Este índice aponta se o solo é neutro (pH igual a 7,0), ácido (menor que 7,0) ou básico (maior que 7,0). 0 pH ligeiramente ácido (entre 6 e 6,5) é o ideal para jardins. Isso porque ele cria excelentes condições para o armazenamento de nutrientes no solo. Algumas espécies, no entanto, preferem solos mais ácidos (por volta de pH 6,0). Entre elas, estão o rododendro, azaléia, caméIia, prímula, petúnia, begônia, samambaia e maranta. Para deixar o solo mais ácido, basta acrescentar matéria orgânica e fazer regas freqüentes. Por outro lado, para torná-lo mais básico, é preciso acrescentar calcário (500 g por metro quadrado é uma boa medida).
Para verificar o pH do solo, existem kits próprios à venda em casas de jardinagem.
 
c) Consistência
 
O solo pode ser solto (muito poroso), duro (compactado) ou macio, um meio termo conveniente por permitir a penetração e a fixação das raízes. Para garantir a maciez, pode-se misturar partes iguais de argila, areia e terra humificada, e antes de plantar qualquer espécie, revolver o solo.
 
Melhore seu solo
 
Depois de identificar o tipo de solo que você tem e saber o que falta em sua composição, é hora de melhorá-lo. Para isso, aproveite restos de folhas, galhos, etc., que podem ser excelentes adubos. Se quiser, deixe-os no próprio terreno, mas se por motivos estéticos preferir removê-los, guarde-os em uma composteira, para mais tarde utilizá-los como adubo. A matéria orgânica aplicada às plantas deve ser muito bem compostada, para que eventuais agentes patógenos não transmitam doenças às plantas.
 
Por meio da textura, é muito difícil verificar o tipo de solo do seu jardim: coloque nas mãos um pouquinho de terra. Se o solo for argiloso, você perceberá uma forma pastosa se formando; a medida em que manipula o conteúdo. No caso do arenoso, o solo permanecerá granulado e a manipulação irá gerar atrito.

 
A influência que os principais nutrientes do solo tem sobre as plantas:
 
Nitrogênio (N) ‑ é fundamental para a fabricação de clorofila, pigmento verde das plantas, responsável pela fotossíntese.
 
Potássio (K) ‑ aumenta a resistência das plantas à seca e a diversas doenças, além de evitar a queda precoce de frutos.

Fósforo (P) ‑ fortalece os tecidos das plantas, também contribui com o vigor da planta, tamanho das folhas, intensidade do florescimento e formação de sementes. Também contribui corn o vigor da planta, tamanho das folhas, intensidade do florescimento e formação de sementes.
 
Saibro
 
0 saibro é um solo de baixíssima fertilidade. Para torná‑lo produtivo, é preciso mudar toda sua constituição. Quatro vezes ao ano, deve‑se revolver todo o conteúdo, acrescentando 8 kg de terra humificada por metro quadrado. Adubações semestrais com torta de mamona e terra vegetal também ajudam. Ainda com estes cuidados, só sobrevivem nele espécies resistentes e com raízes fortes. Se o seu terreno tiver um solo destes, não hesite em preencher parte dele com vasos, embora não criem o mesmo efeito, garantem o verde em uma terra de precárias condições de cultivo.



 
 
 
 
 
As bromélias são viveiros do mosquito Aedes aegypti?
Essas plantas são famosas por serem capazes de armazenar água. Mas, será que apresentam perigo para a dengue?
10 bons motivos para você ter mais plantas em casa
Tenha mais plantas em casa: além de belas, elas ajudam a purificar o ar e completam a decoração. Veja mais motivos!
Conheça os benefícios de ter plantas em casa
Plantas e flores têm o poder de embelezar qualquer ambiente e agradar a todos.
Espantar insetos com plantas
É possível reduzir a presença de insetos com o cultivo de plantas.
Antiestresse: cultivo de minijardins é ótimo exercício físico e mental
Ter e cuidar de um jardim em casa pode fazer muito bem para saúde.
Cor da hortênsia depende da acidez da terra; saiba como plantar e obter belas flores
Veja dicas e aprenda como cultivar a sua hortênsia.
Seis plantas para cultivar em casa que servem como repelente natural
Em épocas de epidemia de doenças uma das maiores preocupações das pessoas é cuidar da casa para ficar longe do mosquito Aedes aegypti.
Família norte americana produz 3 toneladas de alimentos orgânicos no próprio quintal
Você já imaginou poder encontrar todos os alimentos necessários para a sua dieta em seu próprio quintal?
Livro disponível on-line incentiva crianças a aprenderem sobre cactos
A editora do Instituto Nacional do Semiárido lançou o livro infantil "Cactos do Semiárido do Brasil, ler e colorir".
O que saber sobre as orquídeas
Você não precisa ter uma área gigante para cultivar lindas orquídeas.
Plantas que não intoxicam seus animais
Conheça o que pode e o que não pode estar perto de seu bichinho de estimação.
Sistema de tratamento ecológico recupera rios poluídos e cria jardins flutuantes
Além de melhorar a qualidade da água e aumentar a biodiversidade aquática, o sistema revitalizou a paisagem.
Parece um jardim mas é uma horta
Mais do que uma simples horta, um jardim de hortaliças pode ser tão vistoso quanto um que tivesse flores e plantas ornamentais.
O que é fertilizante e por que as plantas precisam dele?
Para que uma planta cresça e floresça, ela necessita de diversos elementos químicos diferentes.
Flores e seus significados
O que elas representam.
Rosa, a mais famosa das flores
Tudo o que você precisa saber.
Saiba como manter um jardim florido e bem cuidado no outono e no inverno
A palavra de ordem no jardim é uma só: manutenção.
Um jardim especial para os beija-flores
É possível garantir a visita dos beija-flores no jardim, plantando espécies reconhecidamente atrativas.
Animais x Jardins
Com a adoção de algumas práticas simples, é possível garantir um jardim saudável e um animalzinho feliz.
Aproveite espaços ociosos e monte uma horta em casa
Ter uma horta em casa é o meio mais interessante de ter contato com a natureza.
Plantas úteis trazem harmonia para o jardim
Pode parecer incrível, mas a "sábia natureza" oferece soluções naturais para a maioria dos problemas que surgem nos jardins.
Poda em Bonsai
A poda em Bonsai desempenha um papel fundamental para a manutenção estética da planta.
Dicas de como começar um jardim em sua casa
É possível ter jardins mesmo em casas pequenas ou apartamentos.
Plantas ajudam a regular temperaturas em casas
Veja como plantas podem ser aliadas do isolamento térmico.
Conheça mitos e verdades sobre o cuidado com as plantas
Entre os ensinamentos das avós e os conselhos da vizinha, há diversos mitos sobre o cuidado com as plantas.
Insetos, plantas e jardins
Jardineiros profissionais e agricultores utilizam insetos benéficos como a sua primeira forma de controle de pragas.
Plantas dentro de casa
Condições para que a planta sobreviva dentro de casa.
Dicas de impermeabilização para jardins e floreiras
Alguns cuidados são necessários para que a umidade de jardins e floreiras não se tornem um problema.
Primavera
A estação das flores.
Receitas caseiras para cuidar do jardim
Combater pragas e doenças com receitas naturais, não prejudicam o meio ambiente.

 

© Copyright 2002 - Paisagismo Brasil
Webmaster
Email: gm@paisagismobrasil.com.br