Gilberto Matter Paisagismo  
Paisagismo  
Dicas  
Jardinagem  
Artigos  
Envie seu Artigo  
Plantas  
Idéias & Curiosidades  
Ecologia e Meio Ambiente  
Sem comentários  
Produtos  
Produtos exclusivos  
Novidades  
Classificados  
Promoções  
TerraCottem  
Cursos no Brasil  
Agenda de Cursos  
Agenda de Eventos  
Cadastro de Empresas  
Cadastro de Profissionais  
Teste: Ter um jardim?  
Newsletter  
Download  
Perguntas & Respostas  
Links  
Biblioteca Verde  
Cartões Virtuais  
Fotos do seu Jardim  
Galeria de Imagens  
Fóruns  
Cursos de Paisagismo e Jardinagem  
O Projeto  
Estrutura  
Parceria  
Cursos e Palestras  
Notícias do Centro  
Institucional  
Apresentação  
Colaboradores  
Parceiros do Portal  
Termos de Uso  
Política de Privacidade  
Opine  
Cadastre-se  
Anuncie no Portal  
Fale conosco  
 
A verdade não é só a beleza
 
 
 
 
 
A poda (novo)

Seu José era um jardineiro que fazia de tudo, cuidava do jardim, da árvore, dos vasos. E se precisasse cuidava da piscina, da torneira que pingava, da lâmpada que não acendia, da porta que não fechava. Não parecia ter tido estudo, na sua época o foco não era esse, era entrar logo na lida, ajudar os pais, na roça, onde fosse preciso. Nas minhas caminhadas, trombava com o seu José sempre, cuidando do jardim de um, pintando o portão da garage do outro. Sempre com o seu chapéu de palha, pitando o cigarro enrolado por ele, focado no serviço. E proseando quando estimulado.

Passei por ele, dei o costumeiro “bom dia”, mas minha expressão não devia estar de bom dia, não. Ele tirou o cigarro de palha da boca e me inquiriu, com as sobrancelhas franzidas.

– Pelo jeito num tá tão bão não.

Dei o meu primeiro sorriso do dia, agachei ao seu lado e dei um tapinha nas costas dele.
– Esse é o seu José, olhar preciso!
– Hehe… com a minha rodagem, não é difícil sabê, basta oia, hehe…
– A coisa não tá fácil, seu José, ando desanimado, cheio de problemas. Difícil.
– Sofrendo?
– Muito.
– Que bão!
– Como que bão, seu José?? Não quero sofrer, quero ser feliz!
– Ser feliz é ser bão, fazer o bem. Sofrer faz parte da estrada, faz a gente pensar, buscar uma saída, correr atrás. Se tá tudo bão, a gente acomoda, senta no pudim, deita na rede.

Fiquei olhando para ele, para aquele rosto cheio de rugas, mas de olhar vigoroso, vivo. Ele continuou, me mostrando a tesoura de podar.
– Tá vendo isso? Vou usar aqui na planta.
– Pronto, cortei ela. Matei ela?
– Não.
– Fiz ela sofrer, cortou, deve ter doido. Mas só depois de podada é que ela volta a crescer forte, bonita, com mais vida. Quando eu cortei ela gostou? Acho que não, se eu pedisse dá licença, ela não ia dá. Eu cortei, porque eu sei que é melhor pra ela. Quem te mandou esse seu sofrimento sabe que é melhor procê.



Ficamos ainda alguns minutos proseando. Eu de pé, bermuda, tênis, boné, seu José agachado, chapéu de palha e tesoura de poda cuidando do jardim, falando do efeito do sofrer.

O sofrimento e o seu propósito, não aquele que salta aos olhos, de nos jogar para baixo, mas o de provocar um movimento nosso, íntimo, que estimula uma reação, de buscar alguma forma de acabarmos com ele. Para alguns, o sofrimento apenas nos joga para o fundo do poço. Para outros, o sofrimento empurra para uma mudança e é nessa hora que crescemos.

O sofrimento nos aprimora, gera grandeza, não a dor. A dor é efeito colateral da poda. A poda que nos faz mais fortes.

Por: Renato Castanhari Jr.




Fonte de pesquisa: https://ladeiradamemoria.wordpress.com

















 
 
 
 
Terapia ocupacional no jardim
O uso de jardins na psicologia - Artigo enviado por nosso leitor Kaio Emmanuel Farias estudante de Publicidade da Universidade São Judas Tadeu . SP - Postado em 13 julho 2017
A arte de cultivar virtudes
O garoto, de 4 anos de idade, aprendia a cultivar e a cuidar das plantas com o exemplo do seu avô.
Queda de árvores e soluções
Artigo enviado pelo autor José Roberto dos Santos, que tem 35 anos de experiência trabalhando como jardineiro.
Morar em um condomínio é viver no Jardim do Éden?
Talvez a idéia que temos do Paraíso seja bem próxima de um lugar protegido do caos exterior ....... Por Raul Cânovas
A crise e o estresse
Uma das formas mais interessantes de combater o estresse é a de se relacionar melhor com a natureza.
O dia em que a terra brotou
Hoje busco pessoas que acreditam em mudanças para uma grande mobilização social voltada para a educação ambiental.
Curiosidade infantil
Planta sente dor? A criança me fitou e disse: "É pro senhor mesmo que perguntei!"
Vc sabe o que é Biomimética?
É uma nova ciência que nos convida a aprender com a natureza.
Paisagismo e seus estilos
Para definir o jardim que queremos em nossa residência, além de termos o cuidado da escolha de um bom profissional, temos que ter em mente a variedade de opções, estilos e técnicas de plantio.
Qualidade de vida pela arborização
Um exemplo a ser seguido em uma cidade de Angola na África.
Coitadas das nossas árvores, coitadas de nossas calçadas
Caminhando pelas calçadas de nossas cidades, quase sempre danificadas por buracos e dos mais variados obstáculos, vemos as árvores.
Origem das flores ainda é mistério para a ciência
Darwin certa vez escreveu que a evolução delas continuava a ser "um abominável mistério".
Um presente inesperado
Ao ganhar de presente uma muda da minha flor preferida, a magnólia-rosa, nunca imaginaria a surpresa recebida...
Paisagismo: o florescer de uma profissão
Paisagismo: o florescer de uma profissão
Paisagismo do Futuro: Sustentabilidade verde
Jardins sustentáveis, ajudando as cidades a alcançarem a sustentabilidade. Qual a importância das áreas verdes nas cidades e conceitos de jardins sustentáveis.
A Sabedoria do Jardineiro
O jardineiro representa a melhor metáfora para designar o perfil de um novo profissional.
Abandono e incompreensão ameaçam legado de Burle Marx
No centenário de nascimento do célebre paisagista,especialistas cobram atenção a sua obra.
Para evitar uma barbárie na destruição da orla marítima no município da Penha - SC.
Apoio de paisagistas conscientes.
Substitua as espécies invasoras de seu jardim
A escolha adequada das plantas é essencial para que não haja nenhum dano ao meio ambiente.
Somos o que somos, mas amamos o que fazemos
Consegui me apaixonar por uma outra profissão: a de paisagista.
A lição do Jardineiro
Uma boa lição para nós! Como o jardineiro sábio, cuidamos das mudinhas das afeições com carinho e as deixamos florescer.
A criança e o jardineiro
Ensinamento.
O seu jardim determina a sua energia
Quando cultivamos uma planta, estamos na realidade cuidando de uma semente de energia.
A flor dos reis
Ao maior dos reis, leve um feixe de orquídeas.
Mais alimento e florestas no ar
Avidez das plantas por gás carbônico abre perspectivas de produzir mais alimento em menos espaço e de amenizar o aquecimento global.
Meu jardim, meu jardineiro. Minha estética e minhas verdades.
O brasileiro não percebe o verdadeiro sentido e importância da conservação da natureza.
Envie seu artigo
Queremos convidar você para ajudar-nos a enriquecer as nossas publicações.
Paisagismo na arquitetura
Uma obra arquitetônica permite diálogo com a área externa.
Folhas e flores iluminam lugares habitáveis
Um lugar sem plantas, sem crianças é um ambiente sem vida, sem alegria.
Sobre Jardins
Leia este artigo, escrito, imaginem, a alguns séculos atrás.

 

© Copyright 2002 - Paisagismo Brasil
Webmaster
Email: gm@paisagismobrasil.com.br