Gilberto Matter Paisagismo  
Paisagismo  
Dicas  
Jardinagem  
Artigos  
Envie seu Artigo  
Plantas  
Idéias & Curiosidades  
Ecologia e Meio Ambiente  
Sem comentários  
Produtos  
Produtos exclusivos  
Novidades  
Classificados  
Promoções  
TerraCottem  
Cursos no Brasil  
Agenda de Cursos  
Agenda de Eventos  
Cadastro de Empresas  
Cadastro de Profissionais  
Teste: Ter um jardim?  
Newsletter  
Download  
Perguntas & Respostas  
Links  
Biblioteca Verde  
Cartões Virtuais  
Fotos do seu Jardim  
Galeria de Imagens  
Fóruns  
Cursos de Paisagismo e Jardinagem  
O Projeto  
Estrutura  
Parceria  
Cursos e Palestras  
Notícias do Centro  
Institucional  
Apresentação  
Colaboradores  
Parceiros do Portal  
Termos de Uso  
Política de Privacidade  
Opine  
Cadastre-se  
Anuncie no Portal  
Fale conosco  
 
Os jardins devem ser projetados com a intenção de educar. Devem ensinar a conviver, fazer amigos e a despertar o prazer da vida.
 
 
 
 
 
Plantas Carnívoras

Aquelas histórias de ficção cientifica sobre plantas carnívoras é tudo mentira!!! Elas são pequenas e coloridas, mal cabe a ponta do dedo nas armadilhas. Hoje no mundo existem mais de 600 espécies de plantas carnívoras, algumas já foram extintas e outras correm risco por causa das ações humanas. As espécies mais comuns são as dionaeas, conhecidas pelas suas armadilhas. Elas vivem em ambientes pantanosos, solo ácido e pobre. Na verdade as plantas carnívoras não se alimentam de insetos. Elas são seres vivos produtores de seu próprio alimento. Mas então o que ela quer com os pobres insetos? Como o solo é muito pobre em nutrientes, ela precisa de nitrogênio, então se adaptou para a captura de insetos e a digestão dos mesmos (através de enzimas digestoras).

As plantas carnívoras são divididas em 3 grupos:

•ativas;
•semi-ativas;
•passivas.

As ativas são aquelas que conseguem fazer movimentos muito rápidos, como por exemplo: as dionaeas possuem duas folhas modificadas chamadas laminas; cada lamina possui 3 a 4 pelos, chamados pelos sensitivos, que quando tocados funcionam como gatilhos ativando a armadilha; se o inseto não morrer, a planta começa a secretar as enzimas digestoras, a digestão demora uns dez dias.

Temos também as urtricularias, que "engolem" os insetos. Suas armadilhas estão localizadas em suas raízes, tem formato de uma bolsa com um orifício por onde o inseto é engolido.

As semi-ativas são as droseras ou as orvalhoras. Isso por que possuem pequenos tentáculos que fabricam um liquido brilhante e pegajoso que prende o inseto e imediatamente começa a liberar suas enzimas. São recomendadas para iniciantes no cultivo de plantas carnívoras.

As passivas são aquelas que não realizam nenhum movimento, são elas as nephentes e sarracenias. Ambas tem forma de jarros que armazenam néctar que atraem os insetos; e com isso os empurram para baixo e os digerem.

               

Todas as plantas carnívoras têm seu período de dormência, algumas no inverno e outras no verão. Se não forem tomados os devidos cuidados a planta morrerá no período de dormência. O ideal seria colocá-las em uma estufa com temperatura oscilando entre 5 a 18°c durante a época de dormência. Logo apos a dormência, a planta começa a produzir novas armadilhas, isso significa que acabou o período de dormência. Deve-se por a planta em um local com luz suficiente (direta com sombra parcial) e com um pratinho com água desmineralizada ou diretamente da chuva. Se a planta estiver bem saudável, ela solta um tendão com flores na primavera, mas é preciso retirá-las, pois as flores retiram grande parte de nutrientes a enfraquecendo. Jamais aplique adubos e fertilizantes, pois eles são nocivos às raízes. Procure não ficar brincando com elas, pois isso acaba tornando-a doente. Não use terra convencional, pois possuem muitos nutrientes que são nocivos as raízes. Não as alimente com pedacinhos de carne, pois possuem muita gordura e isso acaba tampando o sistema vascular da planta. A falta de iluminação pode deixar as armadilhas sem suas cores vibrantes e desfavorece a produção de néctar que atraem os insetos. As plantas carnívoras capturam os insetos sozinhas, não precisa alimenta-lás, até por que ela consegue sobreviver sem eles, se for alimentá-las, dê somente insetos pequenos (moscas,pernilongos,etc.) e vivos. Os tipos de solos mais comuns são o pó de xaxim (hoje proibido), esfagno e turfas; areia e esfagno; ou substitutos do xaxim.

Um lugar perfeito para se criar essas plantas são varandas, salas, e até terrarios, desde que vôce as alimente. As plantas carnívoras do gênero nephentes são as únicas que não toleram o "pratinho" com água em baixo, dependendo do tamanho podem ate digerir pequenos pássaros, como a nephente allata, da Indonésia. As droseras possuem folhas em forma de espada, as vezes elas giram e rolam as folhas sobre os insetos. 



Autor: Kevin Denny Schoppen















 
 
 
 
10 bons motivos para você ter mais plantas em casa
Tenha mais plantas em casa: além de belas, elas ajudam a purificar o ar e completam a decoração. Veja mais motivos! - Postada em 16 junho 2017
Conheça os benefícios de ter plantas em casa
Plantas e flores têm o poder de embelezar qualquer ambiente e agradar a todos. - Postada em 15 maio 2017
Espantar insetos com plantas
É possível reduzir a presença de insetos com o cultivo de plantas. - Postada em 15 maio 2017
Antiestresse: cultivo de minijardins é ótimo exercício físico e mental
Ter e cuidar de um jardim em casa pode fazer muito bem para saúde.
Cor da hortênsia depende da acidez da terra; saiba como plantar e obter belas flores
Veja dicas e aprenda como cultivar a sua hortênsia.
Seis plantas para cultivar em casa que servem como repelente natural
Em épocas de epidemia de doenças uma das maiores preocupações das pessoas é cuidar da casa para ficar longe do mosquito Aedes aegypti.
Família norte americana produz 3 toneladas de alimentos orgânicos no próprio quintal
Você já imaginou poder encontrar todos os alimentos necessários para a sua dieta em seu próprio quintal?
Livro disponível on-line incentiva crianças a aprenderem sobre cactos
A editora do Instituto Nacional do Semiárido lançou o livro infantil "Cactos do Semiárido do Brasil, ler e colorir".
O que saber sobre as orquídeas
Você não precisa ter uma área gigante para cultivar lindas orquídeas.
Plantas que não intoxicam seus animais
Conheça o que pode e o que não pode estar perto de seu bichinho de estimação.
Sistema de tratamento ecológico recupera rios poluídos e cria jardins flutuantes
Além de melhorar a qualidade da água e aumentar a biodiversidade aquática, o sistema revitalizou a paisagem.
Parece um jardim mas é uma horta
Mais do que uma simples horta, um jardim de hortaliças pode ser tão vistoso quanto um que tivesse flores e plantas ornamentais.
O que é fertilizante e por que as plantas precisam dele?
Para que uma planta cresça e floresça, ela necessita de diversos elementos químicos diferentes.
Flores e seus significados
O que elas representam.
Rosa, a mais famosa das flores
Tudo o que você precisa saber.
Saiba como manter um jardim florido e bem cuidado no outono e no inverno
A palavra de ordem no jardim é uma só: manutenção.
Um jardim especial para os beija-flores
É possível garantir a visita dos beija-flores no jardim, plantando espécies reconhecidamente atrativas.
Animais x Jardins
Com a adoção de algumas práticas simples, é possível garantir um jardim saudável e um animalzinho feliz.
Aproveite espaços ociosos e monte uma horta em casa
Ter uma horta em casa é o meio mais interessante de ter contato com a natureza.
Plantas úteis trazem harmonia para o jardim
Pode parecer incrível, mas a "sábia natureza" oferece soluções naturais para a maioria dos problemas que surgem nos jardins.
Poda em Bonsai
A poda em Bonsai desempenha um papel fundamental para a manutenção estética da planta.
Dicas de como começar um jardim em sua casa
É possível ter jardins mesmo em casas pequenas ou apartamentos.
Plantas ajudam a regular temperaturas em casas
Veja como plantas podem ser aliadas do isolamento térmico.
Conheça mitos e verdades sobre o cuidado com as plantas
Entre os ensinamentos das avós e os conselhos da vizinha, há diversos mitos sobre o cuidado com as plantas.
Insetos, plantas e jardins
Jardineiros profissionais e agricultores utilizam insetos benéficos como a sua primeira forma de controle de pragas.
Plantas dentro de casa
Condições para que a planta sobreviva dentro de casa.
Dicas de impermeabilização para jardins e floreiras
Alguns cuidados são necessários para que a umidade de jardins e floreiras não se tornem um problema.
Primavera
A estação das flores.
Receitas caseiras para cuidar do jardim
Combater pragas e doenças com receitas naturais, não prejudicam o meio ambiente.
O surgimento do Bonsai
Esta arte milenar difundida em todo o mundo, surgiu no século III a.C. na China.

 

© Copyright 2002 - Paisagismo Brasil
Webmaster
Email: gm@paisagismobrasil.com.br