Gilberto Matter Paisagismo  
Paisagismo  
Dicas  
Jardinagem  
Artigos  
Envie seu Artigo  
Plantas  
Idéias & Curiosidades  
Ecologia e Meio Ambiente  
Sem comentários  
Produtos  
Produtos exclusivos  
Novidades  
Classificados  
Promoções  
Cursos no Brasil  
Agenda de Cursos  
Agenda de Eventos  
Cadastro de Empresas  
Cadastro de Profissionais  
Teste: Ter um jardim?  
Newsletter  
Download  
Perguntas & Respostas  
Links  
Biblioteca Verde  
Cartões Virtuais  
Fotos do seu Jardim  
Galeria de Imagens  
Fóruns  
Cursos de Paisagismo e Jardinagem  
O Projeto  
Estrutura  
Parceria  
Cursos e Palestras  
Notícias do Centro  
Institucional  
Apresentação  
Colaboradores  
Parceiros do Portal  
Termos de Uso  
Política de Privacidade  
Opine  
Cadastre-se  
Anuncie no Portal  
Fale conosco  
 
O plantio é opcional, a colheita obrigatória.
 
 
 
 
 
O abc da jardinagem

O conhecimento não ocupa espaço, é o que já diziam os avôs de nossos avôs, mas quando se trata de jardinagem, saber mais pode significar economia, manutenção eficaz, beleza em áreas verdes e, principalmente mais qualidade de vida.

Mesmo que você não coloque literalmente a mão na terra para alcançar o jardim desejado ou projeto paisagístico planejado por um profissional, é importante conhecer elementos básicos que compõe o processo de cultivo ordenado de espécies.

É preciso entender, por exemplo, que lidar com a natureza, é lidar com pequenos e frágeis seres vivos, que necessitam de total atenção durante todo o ano; saber o significado de cada estação e suas funções no desenvolvimento dos vegetais; ou ainda conhecer os procedimentos básicos de irrigação, drenagem, preparo do solo, poda e propagação das espécies.

Observar a natureza pode ser muito mais importante no momento de tratar um jardim do que horas e horas sobre livros teóricos. Na natureza nada é técnico ou segue regras, cada planta é um caso em especial e que deve ser respeitado.

Solos ricos

Alguns procedimentos simples colaboram com o solo, como a descompactação, revolvimento da terra, nivelamento, eliminação de pedras, galhos ou raízes mortas, mas é preciso desmistificar a história de solos pobres ou ricos. Na realidade, os solos possuem todos os nutrientes necessários para a germinação, desenvolvimento e propagação de uma planta, o que acontece é que, muitas vezes, estes "alimentos" podem estar em camadas muito inferiores da terra ou então estarem insolúveis, ou seja, incapazes de serem absorvidas pelas raízes dos vegetais.

Apenas os solos esgotados pelo uso contínuo da exploração agrícola é que podem ser classificados como, estéreis para o plantio. Com exceção deste caso, todo solo pode produzir bem e seu jardim tem todo o potencial para se igualar a qualquer outra área verde. Para driblar este problema é necessário recorrer a processos de fertilização e adubação, que nada mais é do que balancear a alimentação das plantas.

Adubos

Há dois tipos de adubos, os químicos e os orgânicos, nos dois casos o principio ativo são os elementos químicos Nitrogênio (N), Fósforo, (P) e Potássio (K), os chamados macronutrientes, que aliados formam o trinômio NPK.

O Nitrogênio é o responsável pela cor acentuada das folhas, caules e raízes; o Fósforo colabora no fortalecimento das raízes e, conseqüentemente na fixação da planta ao solo e ao estímulo da produção de folhas e flores; enquanto que o Potássio aumenta o vigor das plantas e sua resistência a doenças.

A diferença entre a adubação química e orgânica reside no potencial físico, que cada uma delas oferece ao solo, como permeabilidade, capacidade de absorção de água ou coesão dos grãos de terra. Há divergências também quanto a forma com que estes macronutrientes são extraídos e sintetizados.

O adubo químico apenas incorpora ao solo estes nutrientes, já o adubo orgânico possui todos os elementos que a planta necessita, com raríssimas exceções, e ele ainda trabalha pela estrutura do solo.

No caso de adubos químicos, o Nitrogênio, Fósforo e Potássio são produzidos em laboratórios industriais, e o NPK pode ser composto por mais ou menos quantidade de cada um destes elementos, para que possa ser empregado, corretamente em cada situação. Assim seu poder de fertilização será mais concentrado.

É possível encontrar a venda em lojas especializadas, por exemplo, o NPK em duas modalidades, 10-10-10 ou 04-14-08. Estes números correspondem a quantidade de N, P e K que cada um possui, exatamente nesta ordem. Já o adubo, orgânico é produzido a partir de matéria vegetal ou animal decomposta, e em geral, é rico em Nitrogênio (N), mas precisa ser empregado no solo em maior quantidade, além de levar mais tempo para ser absorvido.

Por este motivo à fertilização com adubos orgânicos acaba se tornando muito onerosa em grandes extensões agrícolas, mas é ideal para jardins de menor porte, que ainda podem se valer da junção dos dois tipos de adubo para beneficiar melhor a terra.

Para o cultivo em vasos em ambientes fechados recomenda se o uso, do adubo químico, em virtude do forte odor que os orgânicos apresentam.










 
 
 
 
 
Espantar insetos com plantas (novo)
É possível reduzir a presença de insetos com o cultivo de plantas.
Antiestresse: cultivo de minijardins é ótimo exercício físico e mental (novo)
Ter e cuidar de um jardim em casa pode fazer muito bem para saúde.
Cor da hortênsia depende da acidez da terra; saiba como plantar e obter belas flores
Veja dicas e aprenda como cultivar a sua hortênsia.
Seis plantas para cultivar em casa que servem como repelente natural
Em épocas de epidemia de doenças uma das maiores preocupações das pessoas é cuidar da casa para ficar longe do mosquito Aedes aegypti.
Família norte americana produz 3 toneladas de alimentos orgânicos no próprio quintal
Você já imaginou poder encontrar todos os alimentos necessários para a sua dieta em seu próprio quintal?
Livro disponível on-line incentiva crianças a aprenderem sobre cactos
A editora do Instituto Nacional do Semiárido lançou o livro infantil "Cactos do Semiárido do Brasil, ler e colorir".
O que saber sobre as orquídeas
Você não precisa ter uma área gigante para cultivar lindas orquídeas.
Plantas que não intoxicam seus animais
Conheça o que pode e o que não pode estar perto de seu bichinho de estimação.
Sistema de tratamento ecológico recupera rios poluídos e cria jardins flutuantes
Além de melhorar a qualidade da água e aumentar a biodiversidade aquática, o sistema revitalizou a paisagem.
Parece um jardim mas é uma horta
Mais do que uma simples horta, um jardim de hortaliças pode ser tão vistoso quanto um que tivesse flores e plantas ornamentais.
O que é fertilizante e por que as plantas precisam dele?
Para que uma planta cresça e floresça, ela necessita de diversos elementos químicos diferentes.
Flores e seus significados
O que elas representam.
Rosa, a mais famosa das flores
Tudo o que você precisa saber.
Saiba como manter um jardim florido e bem cuidado no outono e no inverno
A palavra de ordem no jardim é uma só: manutenção.
Um jardim especial para os beija-flores
É possível garantir a visita dos beija-flores no jardim, plantando espécies reconhecidamente atrativas.
Animais x Jardins
Com a adoção de algumas práticas simples, é possível garantir um jardim saudável e um animalzinho feliz.
Aproveite espaços ociosos e monte uma horta em casa
Ter uma horta em casa é o meio mais interessante de ter contato com a natureza.
Plantas úteis trazem harmonia para o jardim
Pode parecer incrível, mas a "sábia natureza" oferece soluções naturais para a maioria dos problemas que surgem nos jardins.
Poda em Bonsai
A poda em Bonsai desempenha um papel fundamental para a manutenção estética da planta.
Dicas de como começar um jardim em sua casa
É possível ter jardins mesmo em casas pequenas ou apartamentos.
Plantas ajudam a regular temperaturas em casas
Veja como plantas podem ser aliadas do isolamento térmico.
Conheça mitos e verdades sobre o cuidado com as plantas
Entre os ensinamentos das avós e os conselhos da vizinha, há diversos mitos sobre o cuidado com as plantas.
Insetos, plantas e jardins
Jardineiros profissionais e agricultores utilizam insetos benéficos como a sua primeira forma de controle de pragas.
Plantas dentro de casa
Condições para que a planta sobreviva dentro de casa.
Dicas de impermeabilização para jardins e floreiras
Alguns cuidados são necessários para que a umidade de jardins e floreiras não se tornem um problema.
Primavera
A estação das flores.
Receitas caseiras para cuidar do jardim
Combater pragas e doenças com receitas naturais, não prejudicam o meio ambiente.
O surgimento do Bonsai
Esta arte milenar difundida em todo o mundo, surgiu no século III a.C. na China.
Descubra plantas e ervas que podem fazer mal em excesso
Na hora de ingerir chás e saladas é preciso equilíbrio.
Cuide do jardim com receitas caseiras
Aprenda a combater pragas e doenças com fórmulas naturais.

 

© Copyright 2002 - Paisagismo Brasil
Webmaster
Email: gm@paisagismobrasil.com.br