Gilberto Matter Paisagismo  
Paisagismo  
Dicas  
Jardinagem  
Artigos  
Envie seu Artigo  
Plantas  
Idéias & Curiosidades  
Ecologia e Meio Ambiente  
Sem comentários  
Produtos  
Produtos exclusivos  
Novidades  
Classificados  
Promoções  
TerraCottem  
Cursos no Brasil  
Agenda de Cursos  
Agenda de Eventos  
Cadastro de Empresas  
Cadastro de Profissionais  
Teste: Ter um jardim?  
Newsletter  
Download  
Perguntas & Respostas  
Links  
Biblioteca Verde  
Cartões Virtuais  
Fotos do seu Jardim  
Galeria de Imagens  
Fóruns  
Cursos de Paisagismo e Jardinagem  
O Projeto  
Estrutura  
Parceria  
Cursos e Palestras  
Notícias do Centro  
Institucional  
Apresentação  
Colaboradores  
Parceiros do Portal  
Termos de Uso  
Política de Privacidade  
Opine  
Cadastre-se  
Anuncie no Portal  
Fale conosco  
 
A verdade não é só a beleza
 
 
 
 
 
Confidências urbanas

É fato que há um crescimento desordenado nas grandes cidades. Uma massa de pessoas que buscam oportunidades, que se espremem no trânsito, sufocadas pela poluição, tiranizadas pela pressa e pelo medo da violência, pelas grandes e pequenas agressões diárias.

Esse cenário sombrio vem despertando a vontade de fazer alguma coisa para melhorar a qualidade de vida nas cidades. Soluções para enormes problemas e tornar a cidades sustentáveis são possíveis desde que haja uma rede de ações para uma mudança real.

O hábito de se isolar em condomínios fechados para se proteger não resolve, mas é uma opção. Porém ninguém vai passar a vida inteira dentro de casa. Este tipo de atitude e/ou solução pode aumentar a violência, o preconceito e gerar uma espécie de apartheid urbana.

Mas é uma tendência incorporada às grandes cidades que até funcionam como pontos de sustentabilidade e convivência em meio ao caos. Ter um porto-seguro para poder descansar não basta. Há de se saber descansar. Isto é vital. Levar para a casa de praia ou campo um monte de livros, revistas e computador não resolvem.

Às vezes é necessário acontecer algo grandioso na vida da pessoa, como o nascimento de um filho, que obrigue a parar, mas que pode fazer a pessoa sentir falta da correria, causando um stress do tempo livre. Há um tabu contra desacelerar e aproveitar o tempo livre longe do trabalho.

Muitos ficam preocupados em desperdiçar tempo sem fazer nada. No dia-a-dia comem fora de hora, dorme pouco, escovam os dentes pensando no e-mail que vão mandar, atendem ao telefone até no banheiro. Uma vida de extremos, que pode levar às doenças físicas e emocionais.

Mas é possível acreditar que o sossego não está na praia ou no campo, muito menos no futuro. Está dentro de cada um, e até, na casa de cada um. O descanso está ligado à paz de espírito e à maneira como se enfrenta os desafios do dia-a-dia.

Estar sempre correndo se tornou um hábito. Tomamos uma xícara de café sem aproveitar o sabor. Sentamos ao lado das pessoas que amamos, mas não percebemos que ela está ali. Estamos sempre em outro lugar, pensando no passado ou no futuro. Dar uma pausa na loucura é fundamental para regenerar o físico, emocional e até espiritual.

É preciso aprender a relaxar todos os dias, não só nas férias. Aquietar a mente é importante. Uma limpeza interna que se pode fazer internamente é mudar o jeito como nos relacionamos com a vida, com a natureza, com as pessoas e com o relógio principalmente.

É sábio parar de correr atrás de um futuro idealizador e aprender a cansar e descansar aqui e agora, no presente. Dormir muito e falar pouco pode ajudar a para recuperar a disposição e a força. E o resultado será uma mente serena que com o tempo poderá até ser dormir menos.

A perfeição e a felicidade não são coisas que nos aguarda num futuro distante, e sim, uma possibilidade de ser alcançar imediatamente. Tudo que precisamos está dentro de nós. É apenas uma questão de aceitar e acessar este potencial interno, que todos tem. É claro que não é fácil. É um longo caminho para a vida inteira.

Mergulhados em um mundo de consumo e competições, não é fácil viver de acordo com as noções como desapego e desacelerar. Mesmo comprando tantos manuais de felicidade, todos sabem no fundo que não existem soluções mágicas.

Talvez uma dica seja a ação correta contra o cotidiano, fazer o que precisa ser feito, simplesmente. Não há uma ação suprema para um milagre. Há opções e possibilidades, como estar em contato maior e melhor com a natureza. Mas quem sabe não seja supremo plantar uma árvore, regar as plantas, enfim, cultivar um jardim? Vivenciar o aprendizado da jardinagem, do paisagismo. Mas não é uma regra ou apenas uma opção.

Há de se testar por si próprio até descobrir se esta é ou não a opção que faltava e precisava. A natureza nos ensina a ver suas necessidades sem confundir compaixão com dependência, e sim, compromisso com o mundo, com o universo.

Quem sai por aí reciclando latas e garrafas, fechando torneiras, podem ser rotuladas como chatas. Mas ter consciência de que é preciso cuidar, conquistará respeito.

O esgotamento dos recursos naturais é preocupante. É fato que os estragos ambientais são inevitáveis, mas que com educação e conscientização geral e irrestrita pode-se nos salvar de algumas previsões assustadoras.

Sustentabilidade. E quem liga para isso? Aliás, nem todos sabem o que é isso.

Sustentabilidade são ações que não provocam impactos negativos à sociedade e ao meio ambiente.

Temos muitas possibilidades de ajuda ao planeta, como mudando padrões de consumo e refletindo sobre o que é realmente indispensável. Mudar hábitos não acontece do dia para a noite. E é difícil, sim! Mas é possível.

Começar dentro de casa é uma ótima opção!


AUTOR: Cadu Almeida



Artigo enviado por Cadu Almeida
e-mail:  jardimciapaisagismo@ig.com.br







 
 
 
 
Terapia ocupacional no jardim
O uso de jardins na psicologia - Artigo enviado por nosso leitor Kaio Emmanuel Farias estudante de Publicidade da Universidade São Judas Tadeu . SP - Postado em 13 julho 2017
A arte de cultivar virtudes
O garoto, de 4 anos de idade, aprendia a cultivar e a cuidar das plantas com o exemplo do seu avô.
Queda de árvores e soluções
Artigo enviado pelo autor José Roberto dos Santos, que tem 35 anos de experiência trabalhando como jardineiro.
Morar em um condomínio é viver no Jardim do Éden?
Talvez a idéia que temos do Paraíso seja bem próxima de um lugar protegido do caos exterior ....... Por Raul Cânovas
A crise e o estresse
Uma das formas mais interessantes de combater o estresse é a de se relacionar melhor com a natureza.
O dia em que a terra brotou
Hoje busco pessoas que acreditam em mudanças para uma grande mobilização social voltada para a educação ambiental.
Curiosidade infantil
Planta sente dor? A criança me fitou e disse: "É pro senhor mesmo que perguntei!"
Vc sabe o que é Biomimética?
É uma nova ciência que nos convida a aprender com a natureza.
Paisagismo e seus estilos
Para definir o jardim que queremos em nossa residência, além de termos o cuidado da escolha de um bom profissional, temos que ter em mente a variedade de opções, estilos e técnicas de plantio.
Qualidade de vida pela arborização
Um exemplo a ser seguido em uma cidade de Angola na África.
Coitadas das nossas árvores, coitadas de nossas calçadas
Caminhando pelas calçadas de nossas cidades, quase sempre danificadas por buracos e dos mais variados obstáculos, vemos as árvores.
Origem das flores ainda é mistério para a ciência
Darwin certa vez escreveu que a evolução delas continuava a ser "um abominável mistério".
Um presente inesperado
Ao ganhar de presente uma muda da minha flor preferida, a magnólia-rosa, nunca imaginaria a surpresa recebida...
Paisagismo: o florescer de uma profissão
Paisagismo: o florescer de uma profissão
Paisagismo do Futuro: Sustentabilidade verde
Jardins sustentáveis, ajudando as cidades a alcançarem a sustentabilidade. Qual a importância das áreas verdes nas cidades e conceitos de jardins sustentáveis.
A Sabedoria do Jardineiro
O jardineiro representa a melhor metáfora para designar o perfil de um novo profissional.
Abandono e incompreensão ameaçam legado de Burle Marx
No centenário de nascimento do célebre paisagista,especialistas cobram atenção a sua obra.
Para evitar uma barbárie na destruição da orla marítima no município da Penha - SC.
Apoio de paisagistas conscientes.
Substitua as espécies invasoras de seu jardim
A escolha adequada das plantas é essencial para que não haja nenhum dano ao meio ambiente.
Somos o que somos, mas amamos o que fazemos
Consegui me apaixonar por uma outra profissão: a de paisagista.
A lição do Jardineiro
Uma boa lição para nós! Como o jardineiro sábio, cuidamos das mudinhas das afeições com carinho e as deixamos florescer.
A criança e o jardineiro
Ensinamento.
O seu jardim determina a sua energia
Quando cultivamos uma planta, estamos na realidade cuidando de uma semente de energia.
A flor dos reis
Ao maior dos reis, leve um feixe de orquídeas.
Mais alimento e florestas no ar
Avidez das plantas por gás carbônico abre perspectivas de produzir mais alimento em menos espaço e de amenizar o aquecimento global.
Meu jardim, meu jardineiro. Minha estética e minhas verdades.
O brasileiro não percebe o verdadeiro sentido e importância da conservação da natureza.
Envie seu artigo
Queremos convidar você para ajudar-nos a enriquecer as nossas publicações.
Paisagismo na arquitetura
Uma obra arquitetônica permite diálogo com a área externa.
Folhas e flores iluminam lugares habitáveis
Um lugar sem plantas, sem crianças é um ambiente sem vida, sem alegria.
Sobre Jardins
Leia este artigo, escrito, imaginem, a alguns séculos atrás.

 

© Copyright 2002 - Paisagismo Brasil
Webmaster
Email: gm@paisagismobrasil.com.br